Antimicrobianos Anfotericina B (complexo lipídico)


Espectro de ação

Ativa contra Aspergillus fumigatus, Candida albicans, C. guillermondi, C. stellatoideae e C. tropicalis, Cryptococcus sp., Coccidioidomyces sp., Histoplasma sp. e Blastomyces sp.

Dose em Adulto

5 mg/kg/dia.

Dose em Pediatria

5 mg/kg/dia.

Efeitos Adversos mais frequentes

Cardiovasculares: Hipertensão, Taquicardia.
Endócrinos: Fosfatase alcalina aumentada, Hiperbilirrubinemia, Hiperglicemia, Hipocalemia, Hipomagnesemia.
Gastrintestinais: Náuseas, Vômitos.
Hepático: Testes de função hepática anormais.
Neurológico: Cefaleia.
Renal: Nefrotoxicidade.
Outros: Febre, Reação à infusão, Tremores.
 

Farmacologia

Classe terapêutica: Antifúngico.
Mecanismo de ação: Liga-se aos esterois da membrana celular do fungo alterando sua permeabilidade. 
Meia-vida plasmática: 173,4 horas.

 

Ajuste de dose

Comprometimento renal: Não é necessário o ajuste de dose. 

Referência Bibliográfica

Medscape.
Micromedex.
Última atualização em 26/02/2019.