Antimicrobianos Cefazolina


Espectro de ação

Streptococcus dos grupos A, B, C, G, Streptococcus pneumoniae, Streptococcus viridans, Staphylococcus aureus (MSSA), Neisseria gonorrohoeae, Haemophilus influenzae, Escherichia coli, Klebsiella sp, Proteus mirabilis.

Dose em Adulto

1-2g 8/8 horas.

Dose em Pediatria

25-50 mg/kg/dia IV/IM divididos a cada 6-8 horas dependendo da severidade da infecção.
100 mg/kg/dia (infecções severas).

Efeitos Adversos mais frequentes

Dermatológicos: prurido.
Gastrointestinais: diarreia.
Hematológicos: eosinofilia.

Farmacologia

Classe terapêutica: Cefalosporina de 1ª geração.
Mecanismo de ação: Inibe a síntese da parede bacteriana. 
Absorção: 0,5-2h (IM) e 5 minutos (IV).
Ligação às proteínas plasmáticas: 74-86%.
Metabolismo: Hepático.
Eliminação: meia-vida 90-150 minutos.
Excreção: Urina 80-100% (droga inalterada).

Ajuste de dose

Comprometimento renal adultos:
ClCr > 50 a 90 mL/min: Não é necessário ajuste de dose.
ClCr 10 a 50 mL/min: Recomenda-se dose usual a cada 12 horas.
ClCr <10 mL/min: Recomenda-se dose usual a cada 24 a 48horas.
Hemodiálise: Recomenda-se dose extra de 0,5 a 1g após a diálise. 

Comprometimento renal crianças:
ClCr 70 a 40 mL/min: Recomenda-se 60% da dose diária usual em intervalos de 12 horas.
ClCr 40 a 20 mL/min: Recomenda-se 25% da dose usual em intervalos de 12 horas.
ClCr 20 a 5 mL/min: Recomenda-se 10% da dose diária usual em intervalos de 24 horas.

**Os ajustes de dose só devem ser aplicados após uma dose de ataque.
 

Referência Bibliográfica

Medscape.
Micromedex.
Sanford, 2015.
Última atualização em 26/02/2018.

Microorganismo relacionadas


Staphylococcus aureus

Síndromes relacionadas


Infecção Sítio Cirúrgico