Antimicrobianos Cefepima


Espectro de ação

Streptococcus dos grupos A, B, C, G, Streptococcus pneumoniae, Streptococcus viridans, Staphylococcus aureus (MSSA), Neisseria gonorrohoeae, Neisseria meningitidis, Moraxella catarrhalis, Haemophilus influenzae, Escherichia coli, Klebsiella sp, Enterobacter sp (AmpC -), Serratia sp, Salmonella sp, Shigella sp, Proteus mirabilis, Proteus vulgaris, Providencia sp, Morganella sp, Citrobacter freundii, Citrobacter diversus, Citrobacter sp, Aeromonas hydrophila, Pseudomonas aeruginosa, Yersinia enterocolitica, Pasteurella multocida, Peptostreptococcus sp.

Dose em Adulto

2g 8/8 horas.

Dose em Pediatria

50-150 mg/kg/dia IV dividido a cada 8 horas (máximo 2g/dose).
 

Efeitos Adversos mais frequentes

Dermatológicos: erupção cutânea.
Endócrinos: hipofosfatemia.
Gastrointestinais: diarreia.
Hematológicos: coombs direto positivo.
Hepáticos: aumento dos níveis de TGO e TGP.
 

Farmacologia

Classe terapêutica: Cefalosporina de 4ª geração.
Mecanismo de ação: Inibe a síntese da parede celular bacteriana. 
Absorção: 0,5-1,5h.
Ligação às proteínas plasmáticas: 16-19%.
Metabolismo: Hepático.
Eliminação: meia-vida 2h.
Excreção: Urina 85% (droga inalterada).

Ajuste de dose

Comprometimento renal:
ClCr >50 a 90 mL/min: Não é necessário ajuste de dose.
ClCr 10 a 50 mL/min: Recomenda-se dose de 2g a cada 12 ou 24 horas.
ClCr < 10 mL/min: Recomenda-se dose de 1g a cada 24 horas.
Hemodiálise: Recomenda-se dose extra de 1g após a diálise.

Referência Bibliográfica

Medscape.
Micromedex.
Sanford, 2015.
Última atualização em 26/02/2019.

Microorganismo relacionadas


Citrobacter sp
Enterobacter aerogenes
Escherichia coli
Klebsiella pneumoniae
Pseudomonas aeruginosa
Morganella morganii
Serratia sp
Staphylococcus aureus
Streptococcus pneumoniae

Síndromes relacionadas


Neutropenia Febril no Pronto Atendimento
Neutropenia Febril Hospitalizado
Infecção Trato Urinário
Infecção Sítio Cirúrgico
Pneumonia Nosocomial